Baixe o nosso aplicativo
Unimed Natal

Gripe e gravidez

10/09/2018 - 11h

  Saúde em pauta
Gripe e gravidez
Veja os cuidados mais importantes que a gestante deve ter com o vírus da gripe nessa fase tão importante

As mudanças no organismo da mulher durante a gravidez deixam a gestante mais vulnerável às complicações de uma infecção pelo vírus Influenza. Portanto, é importante que nesta fase a mulher se proteja ainda mais para evitar a manifestação do vírus no organismo.
 
A vacina é a principal maneira de evitar a contaminação pelo vírus. Ela é especialmente indicada para a gestante nos meses em que o vírus costuma circular (final do outono e começo do inverno) entre a população e, como é produzida a partir de vírus inativado, pode ser aplicada em qualquer período da gravidez. A vacinação ajudará a proteger a mãe e irá transferir anticorpos para o bebê, que só poderá tomar a vacina aos seis meses de idade. 
 
As vacinas da gripe da campanha de 2018, do Ministério da Saúde, protege contra três tipos de vírus, conforme recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS): H1N1, H3N2 e influenza B/ Phuket. Já a opção quadrivalente, disponível apenas em clínicas particulares, deverá conter um vírus similar ao da influenza B/Brisbane, além dos três tipos de cepas citados anteriormente.
 
Transmissão
A transmissão dos vírus da gripe ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias, de uma pessoa contaminada seja ao falar, tossir ou espirrar. Os sintomas são febre, tosse ou dor na garganta, ou ainda dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Na forma grave, a gripe causa falta de ar, febre por mais de três dias, dor muscular intensa e prostração.
 
Prevenção
  • Lavar bem as mãos
  • Ter uma boa noite de sono
  • Evitar contato com pessoas com sintomas da gripe
  • Evitar locais fechados e com muitas pessoas
  • Manter os ambientes arejados
  • Ter uma alimentação saudável rica em frutas, legumes e verduras

Voltar

Dúvidas? Tire-as aqui! Canais exclusivos para você tirar aquela dúvida sobre a UNIMED.